Atendimento

A instituição é aberta a toda comunidade, porém, mais de 95% dos assistidos são provenientes de famílias de baixa renda e recebem atendimento gratuito. Daqueles que possuem melhor poder aquisitivo, é cobrada uma taxa de acordo com o curso ou atividade, que é revertida para a manutenção e continuidade do projeto. Hoje, o centro conta com 29 funcionários e voluntários esporádicos que trabalham no atendimento de cerca de 760 crianças, adolescentes e jovens.